História

De fabricante de hardware na década de 1970 a fornecedor líder mundial de software de engenharia corporativa e soluções de controle de projetos

A Hexagon PPM ajuda o mundo a trabalhar de maneira mais inteligente. Nossos softwares e soluções melhoram as vidas das pessoas através de instalações mais eficazes e operações mais confiáveis.

A Hexagon PPM é a líder global no fornecimento de softwares corporativos de engenharia que permitem projetos e operações mais inteligentes de plantas industriais, embarcações e instalações offshore. As soluções de engenharia da Hexagon PPM aumentam a produtividade e aceleram os projetos, fornecendo recursos completos de gestão de dados de projeto, construção, materiais e engenharia necessários para a criação, operação e manutenção seguras, e também o gerenciamento do ciclo de vida do projeto (cPLM) de projetos de processos, energia, naval e offshore.

A Hexagon PPM é parte da Hexagon, líder mundial no fornecimento de soluções de tecnologia da informação que impulsionam a produtividade e a qualidade em cenários geoespaciais e industriais.

A sede global da empresa em Madison, Alabama, foi inaugurada oficialmente em 20 de outubro de 2014 e é um prédio de cinco andares mais de 23.000 m², e conta ainda com espaço de para 1.100 funcionários da Hexagon. O prédio da sede também inclui um centro de dados de última geração, espaço para conferências, uma ampla área de serviços alimentícios e terraços à beira do lago.

A Hexagon PPM (antiga Intergraph Process, Power & Marine) tem uma história única, abrangindo quase cinco décadas.

Fundada em 1969 como M&S Computing, Inc., a empresa se tornou uma empresa de gráficos completos, fornecendo software gráfico "inteligente" em execução em seus próprios terminais aprimorados conectados a computadores centrais. Foi então desenvolvido o primeiro produto CAD interativo, o Interactive Graphics Design Software (IGDS), que rapidamente se tornou uma referência no setor.

Depois de se tornar uma empresa de capital aberto em 1981, as ações da Intergraph se dividiram duas vezes. A receita aumentou 700%, e o número de funcionários e a sua estrutura física aumentaram 500%. No final da década, a Intergraph se tornou a maior fornecedora de sistemas de computação gráfica em todo o mundo, e foi constantemente classificada como a número 1 em pesquisas da Daratech de satisfação de clientes. Em 1990, a Intergraph superou sua meta de US$ 1 bilhão em receita e entrou para a Fortune 500.

A Intergraph saiu do mercado de hardware e reestruturou suas operações mundiais em torno de divisões com foco vertical em 2000. Em 2003, lançou seu software de modelagem da planta centrada em dados, a SmartPlant® 3D - agora chamado Intergraph Smart® 3D. A tecnologia é amplamente adotada por algumas das principais empresas de engenharia, aquisição e construção e owner operators do mundo.

A COADE® Holdings Inc., com sede em Houston, fornecedora dos produtos CAESAR II®, PV Elite® e TANK™, o software mais utilizados da indústria para análise de tensão de tubulação, vasos de pressão e tanques de armazenamento, assim como sua suíte popular de projeto de plantas CADWorx ®, tornou-se parte da Intergraph em 2010. A aquisição foi a maior da Intergraph no mercado de processos, energia e naval.

Em 2010, a Intergraph foi adquirida pela Hexagon em 2010 e, desse modo, Ola Rollén assumiu a posição de CEO da Intergraph.

Em 2011, a Hexagon adquiriu a Sisgraph, fornecedora de software e serviços, e representante de longa data da Intergraph no Brasil, que possui um papel de destaque nos setores de óleo, gás e mineração. Através dessa aquisição, a PPM ganhou uma equipe dedicada e com vasta experiência no setor.

A PPM anunciou a criação da Grande China, sua quarta região industrial do mundo, em 2012. A Grande China compreende China, Hong Kong, Macau e Taiwan, e foi criada por causa do seu tamanho, sucesso e potencial de negócios estratégicos. Como uma região operacional distinta, a Grande China ganhou foco e investimento adicionais, além de uma forte liderança executiva local para uma resposta mais rápida ao mercado da China, bem como mais recursos para maior crescimento. A Intergraph também começou a oferecer soluções do setor mais personalizadas para os clientes dessaa região.

Em 16 de outubro de 2012, o presidente e CEO da Hexagon, Ola Rollén, e o vice-presidente executivo de Recursos Humanos e líder de projetos, Ed Porter, participaram de uma cerimônia para iniciar a construção da nova sede da Hexagon em Madison.

Em 2014, a PPM anunciou a aquisição do GT STRUDL®, um dos principais sistemas de software de engenharia estrutural assistido por computador (CAE), da Georgia Tech Research Corporation de Atlanta, na Geórgia. O GT STRUDL é amplamente utilizado por grandes empresas no projeto, manutenção e modernização de estruturas de segurança crítica como construções de turbinas, caldeiras, estruturas de suporte de equipamentos, sistemas de suporte de tubulação e outras estruturas relacionadas de engenharia civil. A aquisição do GT STRUDL fortaleceu o conjunto existente de soluções de análise de engenharia da Intergraph para os setores de energia, processos e offshore.

Em março de 2015, a PPM anunciou que comprou a norueguesa OhmTech A/S, com sede em Stavanger, fornecedora de software de projeto de vasos de pressão. O avanço dessa aquisição continuou em maio, quando a Blue Iron Systems, Inc. e seu principal produto de identificação por radiofrequência (RFID) e código de barras, o IronScan, se tornaram parte da PPM.

Em outubro de 2015, a PPM finalizou a compra da EcoSys Management LLC, uma empresa que estenderá a sua posição de liderança como fornecedora de soluções de Projetos Corporativos, adicionando funções de controles de projetos ao seu portfólio existente.

Em junho de 2016, a finlandesa NESTIX Oy, , líder no fornecimento de soluções de gerenciamento de produção centradas em dados, que permitem conexões com máquinas de corte de tubos, chapas, perfis e soldagem de painéis, também tornou-se parte da PPM e da Hexagon. Essa aquisição estratégica solidificou a integração da NESTIX e forneceu aos clientes da Hexagon PPM uma solução de longo prazo para o gerenciamento e planos de corte de peças para fabricação e montagem por solda.

Em janeiro de 2017, Mattias Stenberg, que vinha atuando como diretor estratégico da Hexagon desde 2013, assumiu o cargo de presidente da Hexagon PPM. Stenberg tinha ocupado diferentes cargos na Hexagon desde 2009 e desempenhou um papel essencial no fortalecimento da direção estratégica da Hexagon.

Stenberg é responsável pela direção estratégica global e desenvolvimento de negócios da Hexagon. Ele atuou em cargos importantes desde que entrou para a Hexagon, em 2009 - suas principais responsabilidades incluíam fusões e aquisições, relações com investidores, planejamento estratégico e desenvolvimento corporativo - e já ocupou o cargo de diretor estratégico em experiências anteriores à PPM.

Em junho de 2017, a empresa foi oficialmente renomeada como Hexagon PPM, adotando uma nova marca e uma visão mais aprimorada para capacitar plantas industriais digitais inteligentes e estender sua expertise para novos mercados como Arquitetura, Engenharia e Construção (AEC).

A Hexagon PPM está focada na entrega de soluções completas de tecnologia da informação que impulsionam eficiências durante as fases de projeto, construção e operação de plantas industriais e projetos de construção de larga escala. Devido ao grandereconhecimento da Intergraph, os produtos da Hexagon PPM continuarão a ter o nome da marca Intergraph. “PPM” foi mantido como uma indicação às principais indústrias de processo, energia e naval; no entanto, a Hexagon PPM expandirá sua base para atender outras indústrias além de seu núcleo tradicional.

"Essa mudança não éapenas uma mudança de nome", disse Stenberg. “Ela representa um alinhamento mais próximo com a Hexagon, que abrirá novas portas para aproveitar verdadeiramente o comprometimento e a amplitude das inovações e dosrecursos tecnológicos da Hexagon. É uma grande oportunidade de superar o ritmo lento de mudança que caracterizou as principais indústrias de processo, energia e naval nos últimos 20 anos”.